O objetivo do Blog é mostrar, discutir e aprender de forma sadia tudo que pode ser feito com

materiais e ferramentas simples e acessíveis. Fiquem à vontade para dar pitacos e participar.

18/07/2012

Forno de Barro

Ae Cambioquentos, estou de volta !

Nesse Cambiocó vou mostrar como fiz um forno de barro (igual de pizzaria), de custo baixíssimo e bem simples. Basta ter um espaço coberto no quintal de casa, um final de semana e disposição.

Primeiramente peguei areia fina - saia dar uma volta pela cidade, normalmente em construções tem, se você pedir um pouco em cada uma, conseguirá a quantidade suficiente - a depender do tamanho do forno. 
No meu caso foi mais ou menos 100kg de areia fina. 
Parece muita areia, mas não é ! Arrume uma lata de 20L de tinta vazia - serão 5 dessas.

Ok. Já com a areia em sua casa, umedeça ela e faça um "morrinho" no formato do forno (algo parecido com um iglu). Essa areia ocupará o interior no forno, servindo de "fôrma" para a construção dele. O "morrinho" deverá ter pelo menos 50cm de altura e 80 cm de diâmetro. Se a areia não for suficiente, coloque a lata de tinta (vazia) ou objetos que ocupem espaço da areia no interior do morrinho - mas é importante que sejam menores que a boca do forno para que seja possível retirá-los depois que o barro secar. 

Na foto abaixo o "morrinho" já está pronto. A lata que está no meio é para ocupar espaço e usar menos areia. Não se esqueça de deixar pelo menos 10cm ao redor do "morrinho" para fazer as paredes do forno e a entrada (por enquanto preenchida pela areia), que deve ser mais larga que uma bandeja de pizza.


Ah, um detalhe importante é ter um local para construir o forno, como um balcão ou uma laje.

Agora vem a parte mais trabalhosa. Vá para o meio do mato e procure um cupinzeiro (aqueles montes de terra dura que aparecem em pastos). Leve tudo que houver de mais destrutivo para retirá-lo e despedaçá-lo. Martelo, serrote, enxada, dinamite, enfim, acho que funciona mesmo é uma PICARETA.
Vai dar trabalho. conforme você for batendo, os cupins irão para baixo da terra, então provavelmente não encontrará muitos deles. Leve os pedaços de cupinzeiro para a casa. Não ligue se moer, o objetivo é esse.
Na foto abaixo, veja os pedaços do cupinzeiro.


Próximo de onde for fazer o forno, estique uma lona no chão (para não sujar tanto), coloque um calçado bem velho e pisoteie os torrões de terra até desfazê-los o máximo que puder. Provavelmente tenha pedras ou pedaços de mato no meio dos torrões. Não tire.


Moeu tudo ? Beleza. Agora vem a parte mais suja e malacafenta !
Pegue a terra já bem moída (evite deixar pedaços) e molhe. Tire o tênis e pise bastante até virar uma massa homogênea, na textura de massa de pão. Coloque açúcar - eu coloquei 5kg para 100kg de terra, mas não é uma proporção certa (aliás, nem sei direito o porquê do açúcar, mas todo mundo diz que deixa a massa mais elástica, e blá blá blá, então usei). Coloquei também um pouco de pó de serra, para tirar um pouco a umidade da massa. Enfim, fique à vontade para seguir essas crenças populares.
Olhe a meleca aí embaixo:


Pegue esse barro e faça uns "blocos" do tamanho de pãezinhos, e vá fazendo a volta do montinho de areia. Faça uma volta, faça a de cima e assim por diante, até chegar no topo. A parede do forno deve ter mais ou menos 10cm de espessura. Emende os "blocos" com o próprio barro, de maneira a uni-los e ficar uniforme, sem emendas. Uma dica é molhar a mão para dar um acabamento melhor na superfície do forno.


É claro que vamos deixar uma saída para a chaminé. Para isso, coloque uma lata de Leite Ninho na parte de cima, atravessando o barro (encostada no "montinho" de areia) e virada para onde irá sair a chaminé. Veja nas imagens abaixo a saída para a chaminé e o detalhe da abertura do forno, onde ficará a porta (e não se esqueça que essa abertura deve ser maior que uma forma de pizza !)


Agora deixe secar bem, acho que uns 15 ou 20 dias são suficientes. Como a areia que está por dentro está úmida o barro vai secar lentamente. Se mesmo assim aparecerem algumas rachaduras, faça um pouco da mesma massa e remende.

Quando a areia secar, retire-a com cuidado, use uma pá se necessário. 
Deixe o forno secar por dentro por mais alguns dias.

A tampa e a chaminé ficam a critério de cada um. No meu caso, para a tampa eu comprei um pedaço de chapa de metal galvanizado (o mesmo usado em calhas) em um ferro velho, paguei cerca de R$8,00. A chapa é de 3mm de espessura. Usei a serra tico-tico para cortá-la no formato da boca do forno e parafusei uma barra roscada em formato de "U" como cabo. 
Se quiser, vá em um serralheiro que ele corta a chapa para você. 
E não se esqueça de colocar um cabo nessa tampa. E cuidado para não queimar a mão !

A chaminé você pode mandar fazer em uma casa de calhas/coifas, mas talvez saia caro. Procure uma em um ferro-velho ou corte uma lata de solvente de 18litros e rebite para que tome o formato da boca que deixou para a chaminé. Pode também usar uma manilha de cerâmica (aqueles canos antigos de 6" ou 7"), mas vai depender da sua disponibilidade de ferramentas, criatividade e dinheiro.

No meu caso, eu peguei uma lata de solvente, abri usando uma tesoura para lata, e usei rebites para dar o formato do tubo para a chaminé. Depois, enrolei um arame em torno dela e passei uma camada de barro de mais ou menos 4cm ao redor dela. 

Obs: Quanto mais alta a chaminé, melhor é o funcionamento dela.

É importante também que não faça um fogo muito forte logo no primeiro uso do forno. 
Coloque fogo 2 ou 3 vezes aos poucos antes de usar o forno para assar algo. Assim o barro vai se "adaptando" à temperatura, dificultando o aparecimento de rachaduras.

Pronto ! Agora é só assar as pizzas !!!



Uta !

5 comentários:

  1. bem legal!!axei interessante a ideia de usar cupinzeiro.
    o açúcar se cristaliza, dando ao barro a mesma propriedade refrataria igual aquelas pedras q se usam para fazer churrasqueira.
    vc deveria ter colocado a chaminé próxima a boca do forno pis assim o calor e a fumaça iriam circular melhor pelo forno antes de sair!!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Conheci seu blog agora, graças ao Google, quando eu procurava por como fazer um forno de barro.
    Muito legal seus trabalhos, eu, como bom "cientista do concreto" me identifiquei muito com o que você posta, principalmente o "cabiocó master", visto que estou tentando fazer um instrumento que se aproxime do violão.
    Enfim,chega de papo, parabéns pelo trabalho!

    ResponderExcluir
  3. na foto , seu morrinho de areia umida nao está misturada ? pois areia umida no formato do forno , nao consegue ficar em pé !!!

    ResponderExcluir
  4. conseguiu solucionar o problema herbert?

    ResponderExcluir