O objetivo do Blog é mostrar, discutir e aprender de forma sadia tudo que pode ser feito com

materiais e ferramentas simples e acessíveis. Fiquem à vontade para dar pitacos e participar.

30 de set de 2011

Cambiocó Musical II

Oi, cambada, tudo bem ?!?

Bom, neste Cambiocó vou ensinar a fazer uma "Kalimba". É um instrumento originário da África, e relativamente fácil de fazer. Ele se consiste de uma caixa de ressonância (pode ser de coco, cabaça, caixa de madeira, lata, etc...) e sobre ela uma superfície com "teclas" feitas de aço, que quando tocadas (com os dedos) produzem sons graves ou agudos, conforme o tamanho. Abaixo, uma Kalimba feita com metade de um coco:


As ferramentas usadas são:

 Furadeira elétrica (brocas equivalentes ao parafuso e ao furo para saída do som);

Serra para ferro;

Cola para madeira (ou cola branca)


Materiais :

Metade de um coco (ou metade de cabaça, lata de goiabada, ou qualquer outra lata 
ou caixa de madeira aberta somente na parte superior);
Dois parafusos para metal com 3 ou 4mm de bitola e um par de porcas tipo "borboleta" 
equivalentes aos parafusos (ou arame galvanizado com 3mm de bitola);
Dois pedaços de ferro de construção (de 5mm de bitola) ou um pedaço de alumínio 
ou madeira da mesma espessura; 
Um pedaço de madeira ou compensado de no máximo 7mm de espessura e grande o 
suficiente para cobrir toda a superfície aberta da caixa de ressonância (coco, cabaça, lata...);
Pedaços de aço (ou ferro, mas não  é tão bom) de tamanhos diferentes, variando de 5 a 12cm, para fazer as teclas. Obs: podem ser até maiores do que 12cm, mas não devem ultrapassar o limite da caixa de ressonância.


Como fazer:

Primeiramente use uma fita crepe para delimitar a metade do coco ou da cabaça a ser cortada. Use a serra para ferro ou serrote. Se usar a serra para ferro, cuidado para manter o corte sempre reto. Se usar lata ou uma caixa de madeira ignore este passo. Agora, coloque a caixa de ressonância de cabeça para baixo sobre a madeira e risque a volta toda. Use a serra ou serrote para cortar, ou leve em uma marcenaria para cortar.

Faça furos conforme o esquema abaixo. Se for usar parafusos e porca "borboleta" para segurar as "teclas", use o modelo 1. Se usar arame galvanizado, use o modelo 2. O modelo 2 é mais simples, porém dá mais trabalho para afinar as teclas quando a Kalimba estiver pronta. Fica a seu critério.


Se usar o modelo 2 (com arame), o último passo é colar a tampa na caixa de ressonância. Nesse modelo, coloque os 2 apoios das teclas, as teclas e a trava superior, entre os 2 apoios. Depois passe os arames por cima da trava  superior, e torça os arames com o alicate universal por baixo da tampa. Mais abaixo ficará mais simples de entender. 
Se usar o modelo 1, passe os parafusos e rosqueie as "borboletas". Cole a tampa na caixa de ressonância e espere secar (o tempo de secagem varia entre os tipos de cola).

As imagens abaixo é um esquema do modelo 1 (com parafuso e "borboleta") 


Esse esquema é exatamente como é feita a Kalimba da primeira foto do post. No esquema não existe medidas pois cada Kalimba varia em relação às medidas da caixa de ressonância e teclas. Não há regras. Siga as proporções dos desenhos e fotos.
Uma observação importante é que a trava (ferro que fica em cima das teclas) deve estar bem apertada, fazendo com que nenhuma tecla fique solta, causando um som desagradável.

Abaixo segue imagens da minha Kalimba feita no modelo 2, ou seja, com cabaça e arame segurando a trava das teclas. Os dois apoios e a trava superior das teclas são feitas de ferro de construção.


Observe que há 3 arames. Se usar muitas teclas, o arame do meio ajudará a travar as teclas. 
Nesse modelo, quando estiver tudo pronto na tampa, cole ela na caixa de ressonância.

Assim que notar que as teclas emitem um som que lembram o de uma harpa, você pode empurrar ou puxar elas com alicate para afiná-las. Quanto maior a parte da tecla que está do lado do músico, 
mais grave o som.Quanto menor, mais agudo. Ah, os detalhes desenhados foram feitos com pirógrafo. 


Essa é uma Kalimba que eu fiz há alguns anos feita com uma caixa de madeira. Já fiz algumas de lata de sardinha também. O melhor som é o das Kalimbas de coco e cabaça.
Abaixo há um vídeo para visualizar e ouvir o som que deve sair do instrumento.


Acho que é isso... Tchau !

7 comentários:

  1. Muuuuuuuuuuuuuuito legal, estou fazendo uma viola machete e agora vou fazer (hoje mesmo) a minha kalimba de cabaça! uhuuuuu

    ResponderExcluir
  2. realmente demais ... o som é hipnotizante... vou tentar fazer uma kalimba pra mim ... suas dicas foram esclarecedoras ...

    ResponderExcluir
  3. Olá amigo.


    Gostaria de saber que tipo de aço (e onde encontrar) seria o mais indicado para construir uma kalimba como a sua... Preciso para fazer um trabalho na faculdade de música. Parabéns hein. A tua do vídeo ficou jóia.

    magnus.gaspar@gmail.com

    ResponderExcluir
  4. Já visitei pelo menos dez links sobre a construção de kalimbas nos quais os visitantes indagam qual é o tipo fe aço usado nas teclas e ninguém responde publicamente. Alguém ajuda?

    ResponderExcluir
  5. Já visitei pelo menos dez links sobre a construção de kalimbas nos quais os visitantes indagam qual é o tipo fe aço usado nas teclas e ninguém responde publicamente. Alguém ajuda?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom Dia, eu usei como tecla fita de serra, dessas amarelinhas q vende em loja de materiais de construção, se conseguir corta la em uma tira mais fina o som fica mais bonito.

      Excluir
  6. Acho que isso pode ajudar....Fiz uma kalimba com o aço de dentro de limpadores de pára brisas de carro, que as pessoas jogam fora quando trocam. Retirando a borracha (e é só puxar por um dos lados) você encontrará duas barrinhas em cada limpador. Basta cortá-las do tamanho e afinar as notas....Espero ter ajudado. Gratidão pelo blog e pelas informações. Paz e luz a todos.ah....e muita música !!!

    ResponderExcluir